Noticias • Milhares vãos às ruas em manifestação liderada por árabes-israelenses

Milhares vãos às ruas em manifestação liderada por árabes-israelenses

| Categoria: Política
Whatsapp
Dezenas de milhares de cidadãos palestinos de Israel e seus apoiadores protestam na Praça Rabin contra a Lei do Estado Nação, em 12 de agosto de 2018. (Oren Ziv / Activestills.org)

Milhares de pessoas se reuniram no último sábado (11/08), em Tel Aviv, para protestar a Lei do Estado Nação. Dessa vez, a manifestação foi liderada pelos árabes-israelenses.

Os participantes marcharam da Praça Rabin até a praça do Museu de Arte de Tel Aviv. Alguns vieram com bandeiras israelenses e palestinas, apesar do pedido dos organizadores de não trazer bandeiras para evitar conflitos.

O Comitê Superior de Monitoramento Árabe em Israel, que junto com uma coalizão de outros grupos árabes-israelenses apresentou uma petição ao Supremo Tribunal de Justiça, disse em entrevista coletiva na semana passada que a lei "mostra que o que já foi parte da plataforma de alguns pequenos partidos políticos são agora uma Lei Básica. Esperamos que todas as pessoas, independentemente de suas opiniões políticas, sejam indignadas e se juntem a nós até que esta lei seja cancelada".

Membros do partido político de esquerda Meretz disseram que participariam da manifestação. Já a líder da oposição, Tzipi Livni, disse que não compareceria por discordâncias em relação às visões de alguns dos organizadores.

Ayman Odeh, presidente da Lista Conjunta, coalização de partidos políticos árabes, afirmou: "Dezenas de milhares de árabes e judeus estão se deslocando em ônibus para Tel Aviv porque hoje insistimos em entregar uma mensagem clara: um Estado democrático deve ser para todos os cidadãos".

Já o parlamentar Yousef Jabareen, também da Lista Conjunta, disse: "Esta maldita lei conseguiu unir o público árabe e restaurar o espírito da luta pública dos cidadãos árabes, juntamente com as forças democráticas judaicas".

Em resposta aos manifestantes, o primeiro ministro Benjamin Netanyahu escreveu no Twitter: "Não há melhor testemunho da necessidade da lei do Estado-nação. Continuaremos a agitar orgulhosamente a bandeira de Israel e cantaremos o hino (Hatikva) com ainda mais orgulho".

Saiba mais

Tens of Thousands Gather in Tel Aviv for Nation-state Law Protest Led by Israeli Arabs

Protests Against Nation-state Law Highlight Sad Truth About Israeli Left

Inscreva-se