Noticias • Sociedade civil israelense se mobiliza contra projeto de lei do Estado-Nação

Sociedade civil israelense se mobiliza contra projeto de lei do Estado-Nação

Por IBI Fonte Haaretz e UOL | Categoria: Noticias
Whatsapp

Cerca de 7.000 manifestantes marcharam da Praça Rabin para uma "manifestação de emergência" em Tel Aviv na noite de sábado (14/07) no cruzamento das ruas Dizengoff e Bar Giora, onde ouviram discursos de políticos e ativistas sociais.

O New Israel Fund participou da manifestação - organizada por várias organizações de defesa de Israel, bem como por grupos afiliados aos partidos Meretz, Hadash, Ta'al e Trabalhistas - para protestar contra o que chamou de lei "racista e discriminatória".

O projeto de lei, que teria um status de constituição, priorizaria os valores judaicos sobre os democráticos no Estado. Uma cláusula controversa, que permitiria o estabelecimento de comunidades que são segregadas por religião ou nacionalidade, foi criticada na semana passada pelo presidente Reuven Rivlin que afirmou que a lei tem caráter discriminatório. 

A oposição também marcou sua posição contra a lei. A líder do partido Meretz acusou o governo de usar a lei como distração para a situação de violência e tensão na fronteira com a Faixa de Gaza. 

O caso também repercutiu entre judeus americanos. Líderes intensificaram seus esforços, pressionando fortemente o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu a reconsiderar o empenho de seu governo para aprová-la. Jerry Silverman, por exemplo, o presidente das Federações Judaicas da América do Norte, estava previsto de chegar ontem a Israel e expressar a preocupação de sua organização às autoridades israelenses.

Leia mais sobre o caso: 

Cerca de 7.000 pessoas protestam em Israel contra lei de identidade judaica

Rivlin intervenes in Nationality Law

‘Racist and Discriminatory’: U.S. Jewish Leaders Warn Israel Against Passage of Nation-state Bill


Inscreva-se