Noticias • Purim na pandemia

Purim na pandemia

Por Caroline Beraja | Categoria: Noticias
Whatsapp
Israelenses fantasiados compram Oznei Haman (doce tradicional de Purim) de um vendedor do mercado Mahaneh Yehuda. (Foto: MARC ISRAEL SELLEM/THE JERUSALEM POST)

Hoje é véspera de Purim, uma festa judaica que comemora a salvação dos judeus na Pérsia antiga. É tradição se fantasiar nessa data. Em Israel, as ruas costumam receber festas animadas com pessoas caracterizadas dos mais diversos personagens. Esse ano, porém, assim como o Carnaval no Brasil, Purim foi cancelado.

Estão proibidas as festas na rua; está em vigor um toque de recolher noturno entre 20h30 e 5h da manhã, de quinta-feira a sábado à noite; as sinagogas poderão receber pessoas que queiram ouvir a leitura do Pergaminho de Esther, porém com um limite de 10 pessoas no interior e 20 no exterior, ou apenas pessoas com "passaporte verde" (já vacinadas) a 50% da capacidade do local. “Nenhuma máscara foi mais importante do que esta”, disse o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, ao colocar sua máscara de proteção facial.

Os israelenses encontraram um jeito de manter a tradição. Ainda é possível ver pessoas fantasiadas nas ruas do país, porém apenas consumindo serviços essenciais e respeitando as restrições aplicadas pelo governo.

Inscreva-se