Noticias • Michel Gherman participa de ciclo de capacitação dos madrichim da CIP

Michel Gherman participa de ciclo de capacitação dos madrichim da CIP

| Categoria: Noticias
Whatsapp

O Manhigut é o curso de formação dos madrichim (tutores) da CIP (Congregação Israelita Paulista) – uma das maiores comunidades judaicas de SP. Neste começo de ano de 2019, o Manhigut se propôs a se renovar e vem fazendo inúmeras capacitações buscando novos conteúdos para fortalecer a formação de seus jovens. Nesse sentido, na última quarta-feira (13/2) ocorreu uma capacitação sobre Israel com Michel Gherman, historiador da UFRJ e colaborador do IBI.

Neste primeiro encontro, Michel conseguiu começar a provocar os educadores para o desafio que se tem ao falar sobre Israel. No atual momento social e político, fica evidente que transmitir Israel é complexo por si só; quando falamos de jovens adolescentes este processo se torna ainda mais delicado devido à polarização, em especial, da comunidade judaica.
Michel falou sobre o sionismo cristão, a influência dos valores cristãos na comunidade judaica, e como figuras como Edir Macedo (líder evangélico) vem se apropriando de símbolos judaicos e criando uma conexão no senso comum entre judeus e evangélicos. Além disso, Michel conduziu o encontro no sentido de sensibilizar os participantes para o contexto atual no qual a bandeira de Israel constantemente é associada a uma direita brasileira, ao mesmo tempo em ela é vista sendo queimada por aquilo que aparece na mídia como a esquerda. Onde estaria o lugar de Israel real?

Diante de tudo isso, provocou os madrichim no sentido de qual seria o verdadeiro desafio deles como educadores, como construir uma comunidade plural, democrática, críticas e sionista? “Michel provocou nossos educadores no mesmo sentido em que precisamos provocar nossos educandos, nos inspirou a pensar de forma mais profunda sobre Israel e nos mostrou como a conexão com Israel não está tão longe assim – falar sobre Israel é falar sobre a sociedade brasileira e seus paralelos", contou Naomi Prata Feldman, uma das participantes.

Inscreva-se