Noticias • Israelense é condenado à prisão perpétua por assassinar membros de uma família palestina

Israelense é condenado à prisão perpétua por assassinar membros de uma família palestina

| Categoria: Noticias
Whatsapp
Amiram Ben-Uliel sendo levado à prisão.

Nesta segunda-feira, 14/09, o isralense Amiram Ben-Uliel foi condenado a três penas de prisão perpétua por assassinar três membros de uma família palestina.

Em 30 de julho de 2015, a casa da família Dawabsheh, que ficava em uma vila ao sul de Nablus, na Cisjordânia, foi incendiada. O incêndio ocasionou em três mortes e, cada uma, rendeu uma das penas ao executor do crime. O serviço de segurança interna de Israel, Shin Bet, considerou a ação um ato de "terrorismo judaico".

Inscreva-se