Noticias • IBI indica: filme Synonymes

IBI indica: filme Synonymes

| Categoria: Noticias
Whatsapp

Entrou em cartaz, na última quinta (12/12), o filme Synonymes, do diretor israelense Nadav Lapid, vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim. Na trama, Yoav, um imigrante israelense, se refugia em Paris, onde tenta esconder sua nacionalidade aprendendo a falar francês com a ajuda de um dicionário.

De acordo com Daniel Douek, cientista social e colaborador do Instituto Brasil-Israel, o que o filme traz de maneira mais eloquente é a própria repressão da identidade judaica e israelense, representada principalmente no fato de o personagem principal se recusar a falar hebraico. “O hebraico não é uma língua nacional como a de qualquer outro país, o hebraico simboliza o próprio renascimento do povo judeu numa nova terra. Se negar a falar hebraico é, em alguma medida, negar toda essa identidade que foi construída por meio, também, da língua, entre outros elementos”, afirma Douek.

Synonymes propõe, assim, uma investigação sobre as identidades nacionais contemporâneas a partir de um contraponto entre a identidade israelense e a identidade francesa e as limitações de ambas.

“Embora, aparentemente, Yoav esteja traçando um caminho muito particular, no fundo, ele está reproduzindo, num outro tempo e lugar, o mesmo tipo de embate que os seus ancestrais tiveram, ao imigrar (da Europa à Palestina), aprender uma nova língua (o hebraico) e reprimir a língua nativa (o iídiche). Acho que esse é o grande sinônimo do filme”, completa Douek.

Nas palavras do diretor Nadav Lapid, “meu objetivo pessoal é abrir brechas nas paredes de nossa sociedade, de nossas certezas, tentar suscitar dúvidas, trazer à tona sua complexidade e suas consequências políticas”.

Confira as sessões do filme em sua cidade.

Inscreva-se