Noticias • Fortaleza recebe o primeiro encontro do LAIS (Latin American Israel Studies)

Fortaleza recebe o primeiro encontro do LAIS (Latin American Israel Studies)

| Categoria: Noticias
Whatsapp

Entre o dias 19 e 22 de Novembro de 2018, acontecerá, em Fortaleza, o primeiro encontro do grupo LAIS (Latin American Israel Studies) para promoção de cooperação entre Brasil e Israel, que ocorre dentro da programação do 2º BIWARD, conferência sobre soluções sustentáveis para as áreas desérticas e secas entre Brasil e Israel.

Trata-se de uma aproximação entre acadêmicos da América Latina, Estados Unidos e Israel com intuito de realizar futuras parcerias e aprofundar o intercâmbio de conhecimento de estudos sobre Israel.

Com participações de Michel Gherman (UFRJ), Guilherme Casarões (FGV/SP), Arieh Saposnik (BGRI), Shai Tagner (BGRI), Leonel Caraciki (BGRI), o encontro - aberto ao público - estará dividido entre diversos temas atuais como Educação sobre Israel no Brasil; Sionismo e os evangélicos brasileiros; O estado judeu e a terra santa, entre outros.

A comunidade acadêmica latino-americana, apesar de ser um espaço de criatividade intelectual reconhecido, raramente é envolvida nessas questões. A iniciativa do encontro LAIS busca promover os estudos sobre Israel na América Latina e a voz dos acadêmicos latino-americanos nas discussões acadêmicas que envolvem Israel.

O grupo LAIS, que será formado no primeiro encontro, é aberto para qualquer acadêmico que se interesse em participar. O encontro conta com o apoio do Instituto Brasil-Israel (IBI), da CONIB (Confederação Israelita do Brasil) e a Embaixada de Israel no Brasil.

Programação:

Segunda - 19/11
18:00 Sessão de Abertura da Conferência BIWARD e Keynote
Terça - 20/11
10:00 Conversa de introdução ao LAIS
- Arieh Saposnik, BGRI: “Israel como um Código Cultural e as Tarefas e Desenvolvimento dos estudos sobre Israel”
11:45  Mesa: Introdução pessoal e institucional dos participantes
14:30 1o Painel de apresentações individuais
- Renato Athias (Universidade Federal de Pernambuco): “Povos Indígenas em Israel e no Brasil: Apontamentos sobre a Antropologia Política no Brasil e em Israel”
- Arieh Saposnik (BGRI, BGU): “Imóveis ou Terra Santa? A luta pelo espaço Sagrado e Profano no Pré-Estado Palestino”
- Samuel Feldberg (Universidade de São Paulo): “Os Desafios para o Ensino de estudos sobre Israel no Brasil”
16:30 2o Painel de apresentações individuais
- Guilherme Casarões (Fundação Getulio Vargas): “Evangélicos do Brasil e o discurso Sionista”
- Leonel Caraciki (BGRI, BGU): “Em toda geração eles se levantam contra nós: Visões de Israel sobre a resolução 'Sionismo é Racismo' (1975)”
- Fernando Brancoli (Universidade Federal do Rio de Janeiro): “ Narrativas do Terrorismo Islâmico e suas relações com questões criminais: Fronteiras  brasileira, paraguaia e argentina e a dinâmica palestina israelense”.
Quarta - 21/11
10:00 - 3o Painel de apresentações individuais
- Bruno Szlak (Universidade de São Paulo)
- Michel Gherman
11:15 - Shai Tagner (BGRI, BGU): “Refugiados não-judeus no Estado judeu: abordando os desafios do asilo em busca de migração através de uma perspectiva judaica em Israel”
14:00 -  Mesa: Estabelecendo e promovendo estudos sobre Israel na américa Latina
15:15 -  Discussão de encerramento

Sobre o BIWARD:
Brazil-Israel Water, Agriculture Research and Development – BIWARD
Data: 19 a 22 de novembro de 2018
Local: Centro de Eventos do Ceará – Fortaleza/Brasil
Programação
As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas.

Áreas temáticas:
•    Tecnologia de Água
•    Desafios e Soluções Agrícolas

•    Oficinas e Viagem de campo
•    Física Ambiental e Energia Solar
•    Dessalinização
* O evento terá como língua oficial o INGLÊS*

Público alvo:
•    Agronomia
•    Engenharia de Pesca
•    Biologia
•    Engenharia Sanitária
•    Engenharia Ambiental
•    Educação
•    Áreas afins

A conferência BIWARD é uma nova plataforma de cooperação científica e rede entre dois países que têm em comum encontrar soluções sustentáveis para as áreas desérticas e secas. Como o sul de Israel (Neguev) e o Nordeste do Brasil compartilham muitas semelhanças em suas condições ambientais, de terras áridas, sem-iáridas e secas, o potencial para colaboração científica, agrícola e industrial é um desafio compartilhado.

O programa de 3 dias consiste em palestras e painéis frontais, workshops, viagens de campo e eventos sociais. A conferência fornecerá oportunidades para que formuladores de políticas, proprietários de terras, gerentes da indústria e cientistas considerem questões teóricas e práticas associadas à sobrevivência sustentável em terras áridas.


Inscreva-se