Noticias • “Entre Tel-Aviv e Jerusalém: Ortodoxos vs. seculares” é tema da terceira aula do curso do IBI na Unibes

“Entre Tel-Aviv e Jerusalém: Ortodoxos vs. seculares” é tema da terceira aula do curso do IBI na Unibes

| Categoria: Noticias
Whatsapp

No dia 24/10, a Profa. Marta Topel, diretora do Centro de Estudos Judaicos da USP, ministrou a aula “Entre Tel-Aviv e Jerusalém: Ortodoxos vs. seculares” no curso do IBI em parceria com a Unibes Cultural. 

Topel chamou atenção para a disputas envolvendo judeus seculares e ortodoxos em Israel, fundamentais para entender a complexidade da sociedade israelense, mas muitas vezes ofuscadas pela divisão étnico-religiosa entre árabes e judeus ou pelo conflito nacional entre israelenses e palestinos.

Para se ter ideia do peso dessas disputas em Israel, recentemente, a diferença entre judeus ortodoxos e seculares foi motivo de dissolução do governo do primeiro ministro Benjamin Netanyahu. O partido secular Yisrael Beitenu, do ex-ministro da Defesa Avigdor Lieberman, tentou aprovar uma lei obrigando jovens judeus ortodoxos a participarem do serviço militar obrigatório. A proposta incomodou os integrantes ortodoxos do governo e não foi aprovada. Assim, Liberman e outros membros do partido deixaram a coalização e o parlamento foi dissolvido. 

As disputas entre ortodoxos e seculares permeiam diversas esferas da sociedade israelense, e explicam parte significativa das tensões políticas, territoriais e religiosas em Israel. 


Inscreva-se