Noticias • Entre Levinas e Leibowitz: Israel, Sionismo e o Povo Judeu

Entre Levinas e Leibowitz: Israel, Sionismo e o Povo Judeu

| Categoria: Noticias
Whatsapp

Levinas e Leibowitz eram pensadores de seus mundos. Vindos, respectivamente, da França e da Alemanha, ambos eram filhos do Holocausto. Muito influenciados pela cultura europeia, ambos eram profundamente e radicalmente judeus. Tanto Levinas, quanto Leibowitz, pensaram suas relações com D'us, com o povo judeu e com a humanidade e o humanismo. Em tempo de valores esgarçados e de profunda crise do humanismo, nos interessa refletir com Reuben Sternschein e Gideon Katz como eram as posições  de ambos frente a Israel, o sionismo, as relações com o judaísmo no Estado de Israel e, por fim, como Levinas e Leibowitz enxergariam as relações entre israelenses e palestinos no atual momento.

Gideon Katz é professor associado no Instituto de pesquisa da Universidade Ben Gurion do Negev. É autor de  "To the Core of Secularism: A Philosophical Analysis of Secularism in its Israeli Context" (Jerusalem, 2011), "The Pale God – Israeli Secularism and Spinoza's Philosophy of Culture" (Boston, 2011) e co-editor de "Music in Israel" (Sede-Boker, 2014). Seu livro "In Silence and out Loud: Leibowitz in Israeli Context" (Open University Press, Ra’anana) foi publicado recentemente.

Ruben Sternschein assumiu o rabinato da CIP em janeiro de 2008, após tê-lo exercido por uma década, em Barcelona, onde fundou e dirigiu a primeira comunidade judaica liberal da Espanha, e em Jerusalém. É bacharel em Educação e mestre em Filosofia Judaica pela Universidade Hebraica de Jerusalém, e também mestre em Ciências Judaicas pelo Hebrew Union College, onde recebeu sua ordenação rabínica. É doutor em Filosofia Judaica pela USP, e dissertou em dezenas de universidades ibero-americanas. Foi selecionado como representante judaico para o grupo inter-religioso da UNESCO que desenvolveu o documento “Uma Ética Universal". Pesquisador do NUR (Núcleo de Pesquisa em Filosofia árabe, judaica e oriental) da UNIFESP e Coordenador do grupo de pesquisa de Judaísmo Contemporâneos do Laboratório de Politica, Comportamento e Mídia da PUC SP.

Yonathan é um doutorando em Filosofia pela Universidade de Amsterdam pesquisando na área de teoria política e filosofia. Recentemente passou 2 anos na Universidade de Essex (UK). Mestre em Filosofia pela Universidade de Tel Aviv com intercâmbio na Sciences Po Paris. Graduado em Filosofia, Sociologia & Antropologia pela Universidade Hebraica de Jerusalém.

Michel Gherman é professor de História na Universidade Federal Fluminense, coordenador do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos da UFRJ, pesquisador da Ben Gurion University e Diretor Acadêmico do Instituto Brasil-Israel.

O evento será transmitido na quinta-feira, dia 27/08, às 15:00, por nossa página no Facebook e pela plataforma Zoom: http://bit.ly/LevinaseLeibowitz

Inscreva-se