Noticias • Departamento LGBTI do IBI presta solidariedade à Aliança Nacional LGBTI

Departamento LGBTI do IBI presta solidariedade à Aliança Nacional LGBTI

| Categoria: Noticias
Whatsapp

Confira a carta na íntegra:

Nós, do Ga’avah, departamento LGBTQIA+ do Instituto Brasil-Israel, prestamos nossa solidariedade a Aliança Nacional LGBTI, em razão dos recentes eventos.

A invasão cibernética do congresso “Diálogos para enfrentar as desinformações, notícias falsas e discurso de ódio nas eleições municipais”, organizada pela Aliança Nacional LGBTI, é um ataque frontal à pluralidade, à diversidade, aos direitos humanos e à própria ideia de humanidade.

O ataque – LGBTIfóbico e nazista – faz parte de um processo que já dura ao menos dois anos e que está profundamente conectado à ascensão de Jair Bolsonaro à presidência. Bolsonaro colabora de maneira evidente para a legitimação e empoderamento de grupos extremistas, cujos valores afrontam diretamente contra o Estado Democrático de Direito e promovem a barbárie.

A iniciativa da Aliança Nacional LGBTI em propor o congresso é mais uma demonstração da seriedade de suas propostas, do seu conhecimento frente ao cenário nacional e de sua preocupação cidadã sobre a construção de uma sociedade mais plural e democraticamente fortalecida. Sua contribuição para o enriquecimento do debate desafia um ambiente político altamente hostil e limitado.

Como parte de uma instituição judaica que abraça a questão LGBTQIA+; por estar na responsabilidade histórica e radical na presença do valor de justiça social em nossa tradição, de afirmar uma luta contra quaisquer formas de agressão e incitação à perseguição, o Ga’avah se solidariza com a Aliança Nacional LGBTI pela força em enfrentar tal demonstração de ódio e afirma o compromisso de agir em conjunto para futuras iniciativas e projetos que visem o reconhecimento e afirmação de representatividade deste e quaisquer grupos que aspiram formar um estado social de equidade.

Nas palavras, oral e literária, da tradição judaica:

“No momento em que a comunidade está sofrendo, ninguém deve dizer: ‘Vou para casa, comer, beber e ficar em paz comigo mesmo’.” - Talmude Taanit da Babilônia, 11ª.

“Odeie o mal e ame o bem, e estabeleça a justiça (...) deixe a retidão brotar como a água e a justiça como um riacho impetuoso.” - Amós 5:15,24.

Todo apoio e força. Shalom!

Ga’avah – Departamento LGBTQIA+ do Instituto Brasil-Israel

Inscreva-se