Noticias • Conferência organizada pelo Instituto Brasil-Israel, na Universidade de Haifa, vai discutir a relação das igrejas evangélicas com Israel e o sionismo

Conferência organizada pelo Instituto Brasil-Israel, na Universidade de Haifa, vai discutir a relação das igrejas evangélicas com Israel e o sionismo

| Categoria: Noticias
Whatsapp

A Universidade de Haifa, em parceria com o Instituto Brasil-Israel e o Núcleo de Estudos Interdisciplinar de Estudos Judaicos e Árabes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, recebe, nos dias 13, 14 e 15 de janeiro, a  conferência Internacional “Política e religião no Brasil e nas Américas: igrejas evangélicas e suas relações com o judaísmo, sionismo, Israel e as comunidades judaicas”. 

O evento irá discutir, sob diversos pontos de vista, o crescimento do sionismo cristão na América Latina, a atual política externa brasileira e sua aproximação com Israel, as igrejas evangélicas no contexto brasileiro, a apropriação de símbolos judaicos, entre outros temas. 

Convidados do Instituto Brasil-Israel para participarem do seminário, o pastor Henrique Vieira irá apresentar sua pesquisa sobre o uso da memória de Israel, no contexto de um extremismo evangélico brasileiro; o psicanalista  Christian Dunker fará uma fala sobre a “teologia da prosperidade” e o uso do dinheiro e do valores cristãos no Brasil. O professor da Unicamp, Omar Ribeiro Thomaz, levantará o tema da sinagoga de Moçambique e as igrejas evangélicas do país. 

Além deles outros brasileiros também irão apresentar seus temas. O ex-deputado Jean Wylys irá falar sobre medo e democracia, o professor da FGV Guilherme Casarões irá tratar da transferência da embaixada brasileira para Jerusalém - uma promessa da campanha de Jair Bolsonaro. A conferência também conta com nomes importantes de outros países como o professor Paul Freston, da Universidade Wilfrid Laurier, no Canadá, que será o keynote speaker. Acadêmicos de Israel, EUA, Reino Unido também compõem as mesas de debates. 

Para o presidente do Instituto Brasil-Israel, David Diesendruck, a conferência acontece em um momento importante de se combater a desinformação  “Em tempos de pós-verdade a discussão em foros acadêmicos torna-se ainda mais crucial para temas complexos que demandam conhecimento científico e um ambiente aberto a opiniões diversas. Promover um encontro internacional na prestigiada Universidade de Haifa entre acadêmicos israelenses, brasileiros e de outras nacionalidades é uma iniciativa que certamente irá contribuir para o enriquecimento deste debate”, afirma. 

A conferência será aberta ao público e gratuita. 

Programação completa : 

https://docs.google.com/document/d/1Em_kahVN9GVrffyAc3x8k8Yy35GefCrWm90h25AKV2A/edit?usp=sharing


Inscreva-se