Noticias • Autor israelense Motti Lerner tem encontro com alunos do Célia Helena

Autor israelense Motti Lerner tem encontro com alunos do Célia Helena

Por IBI | Categoria: Noticias
Whatsapp

O Célia Helena recebeu, nesta quarta-feira, o dramaturgo e roteirista israelense Motti Lerner para um encontro com os alunos. Promovido pelo IBI e com apoio institucional do Consulado de Israel e da Federação Israelita de São Paulo, o bate-papo contou com a participação do ator Michel Joelsas, aluno do centro de artes e educação e da atriz Viviane Pasmanter em cartaz em São Paulo com a peça "Amor Profano", escrita por Lerner. A atividade, que reuniu cerca de 100 pessoas, marcou o início do semestre na escola.


Depois das boas vindas da diretora-geral, Lígia Cortez, Michel Joelsas traçou um breve panorama da carreira de Motti Lerner e também apresentou o IBI aos alunos. Em seguida, Viviane falou sobre o espetáculo Amor Profano, comentando quão surpreendentes têm se mostrado as reações da plateia. A peça, que é classificada como drama, tem arrancado muitos risos da plateia. Se passa em Jerusalém e Tel Aviv e trata de um inusitado triângulo amoroso cujo terceiro elemento é Deus.

Motti Lerner dividiu sua fala em duas etapas. Na primeira, ressaltou a importância do ator no processo de construção do personagem. Contou que, assim como foi feito durante a montagem de Amor Profano, depois de receber comentários dos atores, ele reescreveu trechos da peça.



Na segunda parte da conversa, o autor falou sobre o processo de criação de uma peça. Ressaltou a responsabilidade de se olhar para a realidade em que se vive e, com sua sensibilidade, ser um agente de transformação na sociedade.

Depois de duas horas de encontro, Motti Lerner respondeu perguntas do público.

"Motti Lerner é um homem de teatro no sentido humano mais profundo, e que acredita na arte, na responsabilidade da criação para melhorar o homem e a sociedade. Ele tem um enorme amor e compaixão pela humanidade", comentou Lígia Cortez. "Motti fez uma fala essencial para os alunos, a maioria do primeiro ano, sobre a questão do lugar artista e suas motivações", completou Michel Joelsas.

Inscreva-se