Noticias • 27.086 pessoas serão homenageadas na Dia da Lembrança dos Soldados Mortos de Israel e das Vítimas do Terrorismo

27.086 pessoas serão homenageadas na Dia da Lembrança dos Soldados Mortos de Israel e das Vítimas do Terrorismo

| Categoria: Noticias
Whatsapp
Cemitério de Kiryat Shaul, 2021. Foto: Moti Milrod

Hoje é celebrado o Dia da Lembrança dos Soldados Mortos de Israel e das Vítimas do Terrorismo. Às 20h, horário de Israel, sirenes soarão para um minuto de silêncio.

Em 2021, o número de vítimas chegou a 23.928 soldados, com a inclusão, no último ano, de 43 pessoas do exército israelense e 69 veteranos que morreram devido aos seus ferimentos; e 3.158 civis, com o acréscimo de 5 pessoas, mortos em decorrência de ataques terroristas.

O número total de soldados mortos inclui não apenas integrantes das Forças de Defesa de Israel, mas também policiais, guardas do serviço prisional, do serviço de segurança do Shin Bet e agentes do Mossad. Além disso, considera membros das milícias pré-estado e da Brigada Judaica que serviu no exército britânico durante a Segunda Guerra Mundial. Os registros começam a ser contados no ano de 1860, quando o primeiro bairro judaico foi estabelecido fora dos muros da Cidade Velha de Jerusalém.

O Dia da Lembrança foi instituído em 1951, pelo então primeiro ministro e ministro da defesa, David Ben-Gurion, que escolheu o 4 de Iyar no calendário judaico, um dia antes do Dia da Independência.

Inscreva-se