Noticias • 10 dicas de compras para aproveitar a Festa do Livro da USP

10 dicas de compras para aproveitar a Festa do Livro da USP

| Categoria: Noticias
Whatsapp

Entre os dias 28/11 e 01/12 acontece a 20ª edição da Festa do Livro da USP, evento que reúne dezenas de editoras com desconto mínimo de 50%.

O local é o mesmo das edições anteriores: Av. Prof. Mello Moraes, travessa C, na Cidade Universitária, em São Paulo.

Entre lançamentos e clássicos, o IBI preparou uma lista com dicas de livros sobre Israel das editoras que participam da Festa!


1. ISRAEL, UMA HISTÓRIA, de Anita Shapira
Editora: Paz e Terra (Grupo Record)
Preço: R$ 99,90. Preço com desconto: R$49,95

Anita Shapira conta a história de Israel de maneira empolgante, numa narrativa organizada cronologicamente. O livro apresenta o surgimento do sionismo na Europa, no contexto das relações entre judeus, árabes, turcos e outros setores da Palestina sob o domínio otomano. Professora da Universidade de Tel-Aviv e uma das mais notáveis pesquisadoras sobre o tema, a autora não se limita a relatar exclusivamente a guerra e os conflitos árabes-israelenses, ao contrário do que a maioria dos livros sobre o assunto costuma fazer.

Shapira não ignora a narração dos conflitos, mas optou por discorrer sobre os motivos que levaram às guerras e sobre os fatos ocorridos nos períodos de paz. A historiadora analisa conjuntamente o desenvolvimento político, social e cultural da Palestina sob o mandato britânico e propõe compreender de forma profunda os desafios de construção da nação israelense, incluindo a imigração em massa, a modificação dos hábitos culturais, a política de guerra, a diplomacia mundial e a criação de instituições democráticas e de uma sociedade civil.

O livro aborda questões polêmicas, como a destruição dos vilarejos árabes conquistados durante a guerra de 1948-1949 – dando ampla divulgação aos estudos realizados pelos chamados “novos historiadores”, entre os quais Benny Morris –, e apresenta o resultado do conflito na região, a partir das fronteiras com outros Estados etnicamente homogêneos no período pós-Segunda Guerra Mundial.

(Sinopse da editora)

2. MINHA TERRA PROMETIDA, de Ari Shavit
Editora: Três Estrelas

Best-seller nos EUA, Minha terra prometida é uma fascinante história de Israel, contada a partir de dezesseis datas cruciais da construção do Estado judeu e centrada principalmente na dimensão humana dos fatos.
No início, encontramos um sionista britânico que visitou a Terra Santa em 1897 e entendeu que estava ali o caminho do futuro para o seu povo. A seguir, descobrimos um jovem agricultor judeu que, nos anos 1920, ajudou a expandir a economia na região. Na década de 1940, somos apresentados ao líder de um grupo que fez das ruínas de Massada um símbolo para o sionismo. Em seguida, conhecemos a história de um palestino que foi vítima das expulsões promovidas pelo Exército israelense em Lida, em 1948 - episódio brutal que o jornalista Ari Shavit qualifica como a "caixa-preta" de Israel. A chegada dos órfãos do Holocausto ao país, o programa nuclear israelense nos anos 1960, os religiosos que começaram o movimento dos colonos na década de 1970 e a vida atual em Israel ocupam as páginas seguintes do livro.
Sem se desviar das questões mais polêmicas, Shavit constrói um painel ao mesmo tempo triunfal e trágico do Estado judeu. "Por que Israel? O que é Israel? Israel sobreviverá?" - essa é a tripla indagação do autor. 
(Sinopse da editora)

3. ISRAEL-PALESTINA: A CONSTRUÇÃO DA PAZ VISTA DE UMA PERSPECTIVA GLOBAL, de Gilberto Dupas (Org.) e Tullo Vigevani (Org.).
Editora: Unesp
Preço: R$60,00. Preço com desconto: R$ 30,00.

Dois povos se envolvem num conflito persistente que parece resistir incólume a cada tentativa de pacificação. Israelenses e palestinos propõem a negociadores e analistas um enorme quebra-cabeça político, cada vez mais associado ao fanatismo religioso e nacionalista. Existiria uma forma de acabar com o que parece ser um infindável derramamento de sangue? O que explica o fracasso de uma solução estável para a guerra na região? Este livro procura expor a complexidade dessas perguntas e fornecer elementos que permitam entender e entrever as condições necessárias para uma resposta.

(Sinopse da editora)

4. O INÍCIO DO SIONISMO NO BRASIL: AMBIGUIDADES DA HISTÓRIA, de Michel Gherman
Editora: Unifesp
Preço: 67,90. Preço com desconto: R$ 34,00

Importante contribuição para a consolidação da área de estudos judaicos no Brasil, por abordar temas pouco trabalhados pela historiografia brasileira e de grande relevância para o debate contemporâneo, a obra analisa o sionismo brasileiro nas três primeiras décadas do século XX, com foco na relação entre as estruturas ligadas ao movimento sionista internacional e os simpatizantes do nacionalismo judaico aqui estabelecidos, percorrendo a trajetória desse movimento na Europa, suas estruturas organizativas, conflitos ocorridos nos congressos sionistas, tensões entre o sionismo europeu e o norte-americano, até desembocar no início da aproximação com os judeus instalados no Brasil, no início do século, e na intensificação da imigração judaica para o país, nos anos 1920. Apoiada em inúmeras fontes, algumas inéditas em trabalhos brasileiros, a obra reflete sobre a pluralidade discursiva no movimento sionista, as tensões e contradições entre o movimento sionista na Europa e os judeus sionistas brasileiros e a diversidade política do nacionalismo judaico.

(Sinopse da editora)


5. COMO CURAR UM FANÁTICO. ISRAEL E PALESTINA: ENTRE O CERTO E O CERTO, de Amós Oz
Editora: Companhia das Letras
Preço: 34, 90. Preço com desconto: R$ 17,50.
O romancista Amós Oz cresceu na Jerusalém dividida pela guerra, testemunhando em primeira mão as consequências perniciosas do fanatismo. Em dois ensaios concisos e poderosos, o autor oferece uma visão única sobre a natureza do extremismo e propõe uma aproximação respeitosa e ponderada para solucionar o conflito entre Israel e Palestina. Ao final do livro há ainda uma contextualização ampla envolvendo a retirada de Israel da Faixa de Gaza, a morte de Yasser Arafat e a Guerra do Iraque.
A brilhante clareza desses ensaios, ao lado do senso de humor único do autor para iluminar questões graves, confere novo fôlego a esse antigo debate. Oz argumenta que o conflito entre Israel e Palestina não é uma guerra entre religiões, culturas ou mesmo tradições, mas, acima de tudo, uma disputa por território - e ela não será resolvida com maior compreensão, apenas com um doloroso compromisso.
Não se trata, argumenta Oz, de uma luta maniqueísta entre certo e errado, mas de uma tragédia no sentido mais antigo e preciso do termo: uma batalha entre o certo e o certo.
Sem temer a polêmica, o livro apresenta argumentos precisos favoráveis a uma solução que acomoda dois estados nacionais diferentes e também realiza um diagnóstico sutil sobre a natureza do fanatismo, calcada na predominância dos sentimentos sobre a reflexão.
Esclarecedor e inspirado, Como curar um fanático é uma voz de sanidade em meio à cacofonia das relações entre Israel e Palestina - voz que ninguém pode se dar ao luxo de ignorar.
(Sinopse da editora)

6. NOTAS SOBRE GAZA, de Joe Sacco
Editora: Companhia das Letras
Preço: R$ 69,90. Preço com desconto: R$ 35,00.

No trabalho mais ambicioso de sua carreira, o quadrinista Joe Sacco funde passado e presente para contar a história da escalada de violência no conflito entre israelenses e palestinos a partir de dois episódios esquecidos, relegados às notas de rodapé dos livros de história.

(Sinopse da editora)

7. JERUSALÉM: A BIOGRAFIA, de Simon Sebag Montefiore
Editora: Companhia das Letras
Preço: 97,90. Preço com desconto: R$ 49,00.

Até a descoberta da América e o desenvolvimento das modernas técnicas de cartografia, os mapas-múndi circulares desenhados pelos povos cristãos tinham como centro geométrico as coordenadas de Jerusalém. Esse fato dá uma medida da enorme importância política e espiritual por eles atribuída ao palco histórico do drama da paixão, da morte e da ressurreição de Jesus Cristo. Do mesmo modo, os judeus consideram essa cidade milenar - que acolheu o Templo de Salomão e é a atual sede do governo israelense - o centro de sua vida espiritual e temporal, bem como o cenário do futuro advento do Messias e do fim dos tempos. Por sua vez, os muçulmanos acreditam que, durante sua ascensão celestial, Maomé visitou Jerusalém montado em seu cavalo alado, tornando-a um centro incontornável do culto islâmico.
A sobreposição dessas três grandes religiões no mesmo espaço apinhado das ruelas da cidade antiga tem ocasionado inúmeros relatos de milagres e outros acontecimentos prodigiosos ao longo dos séculos - e, do mesmo modo, infindáveis conflitos em torno do controle do acesso aos lugares sagrados. Neste livro monumental, indispensável para a compreensão de boa parte da história do mundo nos últimos três milênios, o historiador britânico Simon Sebag Montefiore explica como e por que peregrinos, místicos, reis, guerreiros e políticos têm disputado entre si o privilégio de possuir essa cidade-símbolo da religiosidade monoteísta.
(Sinopse da editora)

8. VOZES NO CENTRO DO MUNDO, de Henrique Cymerman
Editora: Almedina
Preço: R$117,00. Preço com desconto: R$58,00

O jornalista Henrique Cymerman proporciona ao leitor uma visão sobre as histórias do conflito e suas trágicas consequências, recontadas por seus protagonistas. Há entrevistas com personalidades políticas como Shimon Peres, presidente do Estado de Israel; Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina; Ariel Sharon, ex-primeiro-ministro de Israel, entre outros.
(Sinopse da editora)

9. CULTURA E POLÍTICA, de Edward W. Said
Editora: Boitempo
Preço R$ 44,00. Preço com desconto: R$ 22,00.

Edward Said imprime uma visão universalista em suas análises sobre a questão palestina, inserindo-a no conjunto das grandes lutas pelo reconhecimento de todos os povos a afirmar sua identidade e ter sua expressão política. Em seus livros e artigos, denuncia o racismo ocidentalista, que tenta se legitimar como visão hegemônica do mundo, opõe-se corajosamente à criminalização da luta do povo palestino e de todos aqueles considerados fora dos padrões da chamada civilização ocidental e luta contra a desqualificação da intelectualidade crítica como forma de restrição ao debate acadêmico e político.
Cultura e política apresenta um conjunto de artigos políticos e de cultura publicados originalmente, em sua maioria, no jornal Al-Ahram e selecionados por Emir Sader para esta edição brasileira.
(Sinopse da editora)

10. OS ISRAELENSES: PESSOAS COMUNS EM UMA TERRA EXTRAORDINÁRIA, de Donna Rosenthal
Editora: Évora
Preço: 94,90. Preço com desconto: 47,50.

Israel é um pequeno país que abriga 0,11% da população do mundo, mas, ainda assim, capta grande parte da atenção dos meios de comunicação de todos os continentes. Cada um tem seu ponto de vista sobre esse pedaço de terra e ninguém pode ser considerado completamente certo ou errado.
(Sinopse da editora)


Tem mais dicas? Escreva para nós: contato@institutobrasilisrael.org

Inscreva-se