Noticias • Entenda o que é a polêmica Blacklist

Entenda o que é a polêmica Blacklist

Por IBI Fonte IBI | Categoria: Cultura
Whatsapp

Deu na mídia israelense. Uma lista com 20 organizações que serão proibidas de entrar em Israel. O motivo seria o apoio dessas organizações ao boicote cultural, econômico e acadêmico ao país.

O que afirma o governo israelense?

O governo afirma que a decisão foi tomada porque a agenda dessas organizações têm objetivos considerados antissemitas e que pregam a destruição do Estado de Israel. Segundo o jornal Haaretz, o ministro de assuntos estratégicos afirmou que a tática contra essas organizações será agora de ataque e não de defesa.

O que afirma parte da oposição ao atual governo israelense? 

Políticos que se posicionam contra a decisão afirmam que Israel é um país democrático e que é preciso que as organizações de boicote possam ver isso de perto. Mantê-los “fora” só vai expandir a distância que há ente a imagem de Israel e a realidade. Outro argumento é que seria irrelevante tal medida, uma vez que, por conta das redes sociais, não há fronteiras para tais campanhas. Há quem diga ambém que não faz sentido lutar contra o boicote por meio de outro boicote.

O que afirmam as organizações que serão impedidas de entrar no país?

Algumas dessas organizações são americanas e fundadas por judeus, como a Jewish Voice For Peace, e outras têm histórico de lutas contra o antissemitismo, como Americans Friends Service Committee. Elas afirmam que a decisão, além de ser antidemocrática, pretende intimidar o trabalho feito por eles, que é contra a ocupação de territórios na Cisjordânia e em Gaza.

Como se posiciona a sociedade israelense?

A sociedade israelense, assim como de qualquer outro país, é composta por uma pluralidade de opiniões. Muitos defendem a implantação da blacklist, pois enxergam no trabalho dessas instituições uma tática de difamação de Israel. Outras pessoas, no entanto, acreditam que fazer uma blacklist e barrar as organizações não é o melhor caminho para acabar com o boicote, pois é necessário respeitar a liberdade de expressão e a democracia. Muitos grupos da sociedade civil críticos à lista são também críticos às campanhas de boicote.

Leia mais sobre o assunto:

NYtimes: https://www.nytimes.com/2018/01/07/world/middleeast/israel-bds-boycott-divestment-sanctions.html
The Guardian: 
https://www.theguardian.com/commentisfree/2018/jan/09/israel-bds-blacklist-apartheid-uk-war-on-want
Haaretz:
 https://www.haaretz.com/israel-news/1.833556
The Jerusalem Post:
 http://www.jpost.com/Israel-News/Opposition-slams-idiotic-BDS-activist-ban-533184

Inscreva-se