Imprensa • Michel Gherman fala ao Globo Esporte sobre manifestações antissemitas em torcidas de futebol

Michel Gherman fala ao Globo Esporte sobre manifestações antissemitas em torcidas de futebol


| Em Nota
Whatsapp

O historiador e colaborador do IBI Michel Gherman falou ao Globo esporte sobre casos de antissemitismo de torcidas de futebol. Por serem associados ao judaísmo, alguns clubes europeus se tornaram alvo de manifestações antissemitas como ruídos sibilantes simulando câmaras de gás e gritos discriminatórios contra judeus.

Gherman disse que a origem do antissemitismo também é alvo de polêmica. O pesquisador aponta que o início do fenômeno ocorreu na Idade Moderna, mas afirma que alguns acreditam que a origem está na culpabilidade de Judas no assassinato de Cristo, segundo passagens da Bíblia, e outros creem que seja até mesmo anterior ao Cristianismo.

"O antissemitismo é um fenômeno que tem pouco a ver com judeus e mais a ver com os perseguidores. Ele começa na Idade Moderna, depois da Revolução Francesa, após o judeu ser aceito como parte da sociedade, porque passa a ser percebido como outro. Os movimentos surgem nesse momento. Em outros lugares há um anti-judaísmo, que é antipatia, mas eu não consideraria antissemitismo, que é uma percepção de que judeus são uma conspiração, um risco à sociedade, lá no século XVIII"

Confira a íntegra da reportagem aqui.

Inscreva-se