Imprensa • Aliança de Bibi com Bolsonaro contraria DNA humanista de Israel, diz professor à Folha de SP.

Aliança de Bibi com Bolsonaro contraria DNA humanista de Israel, diz professor à Folha de SP.


Por IBI | Em Nota
Whatsapp

Arieh Saposnik, professor da Universidade Ben-Gurion de Israel que está no Brasil a convite do IBI deu entrevista para o jornal Folha de SP. 

Entre os destaques, Saposnik analisou as possibilidades de futuro político para Israel, que passa por um momento de incerteza, e fez uma reflexão sobre os usos do conceito de sionismo.  "Poucos entendem o que o termo significa. Há 20 anos, sionismo era uma gíria para os jovens. Se alguém queria pedir para o outro parar de dar lição de moral, dizia: “pare com este sionismo!”. A palavra era tratada de maneira muito cínica. Mas acho que há um retorno, de tentar entender onde somos, de onde viemos, qual caminho estamos trilComo o sionismo é visto pelas novas gerações? Poucos entendem o que o termo significa. Há 20 anos, sionismo era uma gíria para os jovens. Se alguém queria pedir para o outro parar de dar lição de moral, dizia: “pare com este sionismo!”. A palavra era tratada de maneira muito cínica. Mas acho que há um retorno, de tentar entender onde somos, de onde viemos, qual caminho estamos trilhando", afirmou

Para ler a entrevista na íntegra clique aqui


Inscreva-se