Eventos • Derrubar monumentos? Cidade, memória, patrimônio e racismo no Brasil em Israel

Derrubar monumentos? Cidade, memória, patrimônio e racismo no Brasil em Israel


Categoria: Institucional
Whatsapp

Desde o assassinato de George Floyd na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, o mundo tem conhecido uma série de manifestações antirracistas. 

Com o tempo, os protestos alcançaram também o campo da memória pública. Além do racismo policial, monumentos e estátuas passaram a ser alvo das reivindicações. Alguns foram até mesmo derrubados por manifestantes. 

Os protestos contra monumentos que trazem simbologias racistas nos colocam novas questões sobre o papel das cidades e dos patrimônios históricos na luta antirracista. 

No webinar “Derrubar monumentos? Cidade, memória, patrimônio e racismo no Brasil e em Israel”, organizado pelo Instituto Brasil-Israel, com o apoio do coletivo Judeus pela Democracia e do Niej, discutiremos esses processos a partir das realidades israelenses e brasileiras. 

O encontro será feito pelo zoom, no próximo domingo, 28/06, às 16:00. 

Não precisa de inscrição para participar, basta acessar o link: https://bit.ly/webinar_monumentos

CONVIDADAS

Aline Montenegro Magalhães: Doutora em História pela UFRJ com pós-doutorado em Museologia pela UNIRIO. Pesquisadora no Museu Histórico Nacional e professora do MBA em Gestão de Museus e do ProfHistória da UNIRIO. Há mais de 20 anos estuda museus, colecionismo e patrimônio.

Cecilia Cohen:Licenciada em Educação e História da Arte. Guia do Yad Vashem e Marcha da vida na Polônia. Atual estudante de Guia de turismo em Israel.

Juliana Kaiser: Licenciada em História da Arte. Foi Coordenadora do Programa Educativo do CCBB. Atua como gestora de projetos sociais e é professora convidada de Responsabilidade Social da UFRJ.

Leila Danziger: Artista visual, professora dos cursos de graduação e pós-graduação do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pesquisadora do CNPq e Faperj.

MEDIAÇÃO

Nina Kertzman: Graduada em Relações Internacionais pela UFRJ, membro do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos (NIEJ) e educadora da área de Literatura Judaica.

Inscreva-se